Em formação

Gato com meme de língua de fora

Gato com meme de língua de fora



We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Gato com meme de língua de fora.jpg

Passei os últimos 15 anos de minha vida lendo e aprendendo com os escritos e ensinamentos de grandes mestres, como Joseph Campbell, Prentice Mulford, Joseph Chilton Pearce e Richard Proenneke. Todas essas pessoas e outros autores, quando lidos criticamente, estão tentando nos dizer uma de duas coisas.

Que existem dois pólos opostos, o Yin e o Yang, o masculino e o feminino, ativo e passivo, positivo e negativo, e o princípio masculino é o ativo e o positivo, enquanto o princípio feminino é o passivo e o negativo. Essas polaridades serão chamadas de polaridades do tempo.

Tempo: princípio ativo, masculino e positivo, o tempo está passando e está avançando, o tempo é o futuro, o progresso e a evolução.

Tempo: o princípio passivo, feminino e negativo, o tempo é o oposto do tempo, o tempo não avança ou está parado, o tempo é o passado, regressão e degeneração.

O Yin e o Yang e as polaridades do tempo são exatamente como o yin e o yang, ou o positivo e o negativo, da eletricidade ou a polaridade de um ímã. O Yin e o Yang são opostos, assim como a polaridade positiva e negativa da eletricidade.

O yin é a polaridade negativa e o yang é a polaridade positiva.

A polaridade de um ímã é exatamente como o yin e o yang, onde um é a polaridade negativa e o outro é a polaridade positiva, e ambos estão presentes em uma mesma entidade.

Existem seis polaridades de tempo:

1. As polaridades dos primeiros sete chakras, que é a polaridade de Deus: o divino, o sagrado, o eterno. Estas são as polaridades dos primeiros sete chakras.

2. A polaridade do chakra raiz, ou o nível raiz da energia dos chakras. Esta é a polaridade do tempo humano. A parte inferior do corpo.

3. A polaridade do chacra sacral, ou o nível sacro da energia dos chakras. Esta é a polaridade da matéria física.

4. A polaridade do chakra do plexo solar, ou o nível do plexo solar da energia dos chakras. Esta é a polaridade da existência material, ou matéria.

5. A polaridade do chacra cardíaco ou o nível de energia dos chakras do coração. Esta é a polaridade da vida, ou o ser interior.

6. A polaridade do chacra coronário, ou o nível da coroa da energia dos chakras. Esta é a polaridade do ser espiritual mais elevado.

Não somos iguais a Deus, o santo, o divino. Mas as polaridades que temos dentro de nós permitem que nos tornemos parte delas, sermos parte de Deus, o sagrado, o divino, fundindo-nos com o divino.

Os primeiros sete chakras do ser humano são os centros de poder. Eles são os centros da consciência humana. Do primeiro ao sétimo. Do nível mais fundamental de consciência ao nível mais sutil de consciência.

Os primeiros sete chakras são os centros de força. Eles são os centros básicos de energia. Eles são centros de informação. Não somos a mesma coisa que o divino, o sagrado, o divino, mas as polaridades permitem que nos tornemos parte delas.

Isso está de acordo com o que escrevi no capítulo anterior. Você pode entender que mesmo se você for um cristão e acreditar em Jesus, que ele é o único caminho, você ainda pode entender que é muito possível experimentar o Cristo interior.

Isso é possível para você. Você pode experimentar o Cristo interior. Isto é verdade. Quando você entender o que isso significa, você começará a entender por que Deus entrará em sua vida. Deus entrará em sua vida para ajudá-lo a entender seu relacionamento com ele. Quando você entende isso, então você entende a fonte desta energia. Quando você entender isso, começará a saber como se compreender. Então você pode entender que o Cristo pode vir a você por meio dele e de você.

É também por isso que Deus não precisa de nós. Somos todos criações dele. Ele é a única pessoa verdadeiramente independente. Deus pode vir a qualquer pessoa. Deus não precisa vir até mim.

Deus precisa de você, não de mim. Recebi os meios para compreender meu relacionamento com Deus, porque recebi um cérebro especial. Deus não precisa de você. Deus quer estar com você.

Deus pode vir até você. Existem muitas pessoas que dizem que Deus pode vir até você, mas não sabem o que estão dizendo. Porque, se Deus pode vir até você, então você deve estar pronto para ele. Deus é seu amigo. Ele quer estar com você. Deus não precisa que estejamos com ele. Quando você entende isso, então você pode entender o significado de Jesus ser meu "amigo". Se você acredita que Deus é seu amigo, então ele é apenas seu amigo. Mas se você acredita que Jesus é meu amigo, então ele será mais do que apenas um amigo.

Isso é o que significa. Eu disse no capítulo anterior que Jesus é a personificação da vida. O Cristo é a personificação do amor, paz, alegria, harmonia e muitas outras coisas. Essas são as coisas de Deus. É um mal-entendido de Deus dizer que Deus é uma emoção. As emoções fazem parte da vida e são muito importantes, mas Deus não é uma emoção. Deus é inteligência.

Deus não é apenas emoção. Deus é inteligência. É um mal-entendido dizer que Deus também não é uma pessoa. Deus é inteligência e, portanto, a única maneira de você conhecer a Deus é entender que Deus é inteligência. Para conhecer a Deus, você precisa conhecer a maneira de ser de Deus.

Deus não é uma emoção, mas Deus não é algo que só pode ser uma emoção. Deus é uma entidade inteligente. Deus é uma pessoa e Deus é inteligência.

Como já disse, acredito que Deus é a personificação do amor. Em sua essência, Deus é amor. Ele é como uma pessoa, ele tem sentimentos. Deus também é a personificação da sabedoria. Deus tem inteligência e, portanto, Deus é a personificação da inteligência.

Desta forma, acredito que Deus é, é amor, é sabedoria e é inteligência. Deus é a personificação de todos esses três. Deus é sabedoria, Deus é amor, Deus é inteligência. Eu me sinto assim em relação a Deus, porque acredito que Deus é a realidade última. Ele não é apenas um ser que existe.

Quando dizemos: "Eu e o mundo somos", não podemos dizer a que nos referimos. Essa não é uma afirmação correta.

Temos falado sobre algo muito alto, muito bom. É um mal-entendido dizer: "Eu e o mundo somos". Se você está falando sobre si mesmo, está falando sobre um ser. Isso é uma coisa errada a se dizer. Não somos apenas um ser. Somos um processo e esse processo de existência é chamado de "ser". O processo de ser chamado de "ser", é o processo da consciência, é o processo da vida, é o processo da energia. Todo esse processo de ser chamado de “ser”, é um processo chamado de “ser”.

Quando dizemos,


Assista o vídeo: ENTENDA A HISTÓRIA POR TRÁS DA FOTO DO GATO TOSSINDO (Agosto 2022).

Video, Sitemap-Video, Sitemap-Videos