Em formação

Como tratar feridas de cachorro


Como tratar feridas de cachorro

Todos nós sabemos que as feridas dos cães devem ser tratadas o mais rápido possível e, em uma boa porcentagem dos casos, o cão não terá que ser visto por um veterinário, porque a ferida vai cicatrizar. Mas e se o cachorro tiver um ferimento e não tiver nenhuma razão óbvia para isso? Ou se tivermos que levar nosso cachorro ao veterinário e esperar para descobrir o motivo? A razão para tratar feridas é, muitas vezes, que o cão, em decorrência dessa ferida, está em algum tipo de perigo ou estará em perigo, por isso é melhor tratar e ter certeza de que não piore. Algumas feridas são perigosas não só do ponto de vista fisiológico, mas também psicológico. Portanto, é melhor tratar uma ferida o mais rápido possível, para não colocar nosso cão em perigo.

Ao escolher o melhor método de tratamento para seu cão, há muitos fatores a serem considerados.

Em primeiro lugar, se a ferida for pequena, o cão está bem nutrido, tem um bom clima e não há risco de infecção bacteriana, ou se houver, a bactéria geralmente pode ser eliminada com antibióticos. Se, por outro lado, a ferida for muito grande, o cão estiver doente ou houver sinais de infecção bacteriana, ou se o cão teve alguns dias e é importante agir rapidamente, você pode escolher um método de tratamento, onde não há corte envolvido. Mas se o seu cão tem uma grande ferida no ombro ou no pescoço, tem que escolher entre a possibilidade de fazer todo o tipo de procedimentos cirúrgicos que irão certamente colocar o seu cão em perigo ou pode escolher um dos seguintes métodos.

Como tratar uma ferida de cachorro:

1. Limpeza da ferida

As feridas são limpas usando um dos seguintes métodos.

Lavar com água morna.

Você tem que se certificar de que a ferida não está sangrando. Você deve colocar a ferida em água morna usando um dos seguintes métodos:

Mergulhe a ferida por vários minutos

Pulverize com água

Deixe descansar por alguns minutos

Molhar a ferida em um balde com água morna ajuda a limpar a sujeira. A razão para isso é que, quando a sujeira penetra na ferida, ela causa irritação e inflamação. Também leva ao espessamento da pele no local afetado. Lavá-lo com um balde ajuda a enxaguar a ferida. Também tomamos cuidado para não sangrar. Se for, despejamos água fervente sobre ele.

Você tem que limpar a ferida com muito cuidado. Você tem que se certificar de que está limpo e seco, caso contrário, você não será capaz de curá-lo.

2. Bandagem para feridas

O curativo da ferida deve ser feito com o procedimento correto. Caso contrário, o curativo pode colocar a saúde do seu cão em perigo. A razão para isso é que precisamos ter certeza de que a ferida é mantida limpa e não está contaminada. Além disso, o curativo deve estar limpo. Assim podemos evitar a formação de escamas na pele. Temos que ter certeza de que não está muito apertado. Deve ser feito de acordo com a ferida. Caso contrário, você pode ter problemas no processo de cicatrização da ferida.

O curativo para feridas envolve o uso de materiais adequados. Os materiais incluem o uso de esparadrapo, gaze, ataduras adesivas e gesso. Também usamos gaze esterilizada e estéril.

3. Curativo para feridas

O curativo é colocado no local da ferida. O curativo deve ser estéril. Além disso, deve ser confortável para o cão. O curativo não deve aplicar pressão sobre a ferida. Devemos ter certeza de que cobre toda a ferida. Deve ser devidamente selado. Deve ser capaz de manter a ferida limpa e seca. O material que usamos não deve machucar o cão quando estiver em uso. A razão pela qual usamos gaze é que ela é confortável para o cão.

4. Bandagem

O curativo não deve cobrir muito apertado. Tem que ser flexível para que possa ser usado corretamente. Também utilizamos fita adesiva que deve ser mantida afastada de qualquer tipo de óleo ou graxa. O material deve ser confortável para o cão.

O curativo para feridas é importante para a saúde do seu cão. As feridas vão cicatrizar rápida e eficientemente. Isso dará ao seu cão a chance de se curar.

5. Coçar

O cão que temos deve ser mantido longe de qualquer coisa que possa lhe causar mal. Devemos sempre ter em mente que você é quem cuida do seu cão. O cão não deve ser forçado a comer o que você serve. A razão pela qual precisamos mantê-los longe do risco é que eles podem se machucar com as próprias unhas.

Quando as unhas tocam seus olhos, eles também podem estar em perigo. Devemos, portanto, garantir que eles sejam mantidos longe de qualquer coisa que possa prejudicá-los. O coçar pode causar infecção nos olhos. Também pode machucar as feridas que eles recebem. O cabelo da pata também pode infeccionar. A perna do cachorro vai começar a inchar como resultado do arranhão. Devemos, portanto, tentar mantê-los longe de qualquer coisa que possa prejudicá-los.

O cão também deve ser mantido longe de quem possa arranhá-lo. O cão não deve ser mantido na casa de alguém que se descuida com as unhas do seu próprio cão. Devemos também olhar as condições do local em que se encontram. A casa deve ter grades de segurança para que o cão não consiga atingir os pregos. Devemos ter certeza de que estamos zelando pela segurança também. Se quisermos mantê-los longe de tudo, a melhor maneira é mantê-los em uma casa.

O cão também deve ser treinado adequadamente. No passado, o cão podia ser treinado para coçar as unhas, mas hoje o dono do cão não deve treinar seus cães para fazer isso. Muitos cães foram ensinados a coçar as próprias unhas. Isso pode causar danos a eles. Devemos, portanto, treinar nossos cães da melhor maneira que for possível para nós. Devemos apenas fazer o que é bom para eles. O cachorro terá uma vida saudável. É também um sinal de saúde e boa aparência para o seu cão.

O dono do cão também deve zelar pelo bem-estar do cão. O cão deve ser alimentado corretamente e bem. Ele não deve ter que comer nada que seja prejudicial a ele. O cão deve ter água suficiente para beber. O cão deve fazer exercício suficiente para se certificar de que não fica entediado. Se você ama o cão, deve zelar pelo bem-estar dele.

Você deve cuidar de sua saúde. O cão não deve ter doenças que lhe sejam prejudiciais. A melhor coisa que você pode fazer é levar o cachorro ao veterinário. O veterinário examinará seu cão para saber o que está acontecendo com ele. Devemos também levar o cão ao veterinário para um exame anual. Se você ama seu cachorro, deve cuidar dele o máximo possível. Você deve cuidar dele da melhor maneira que puder.

O cão tem potencial para receber os melhores cuidados possíveis. É o animal mais carinhoso e amoroso que se conhece. Deve, portanto, receber o melhor cuidado que merece. Deve ser alimentado corretamente. Deve ser tocado e amado por seu dono. Deve obter o exercício de que necessita para se manter em forma. Se você ama seu cão, deve zelar pelo seu bem-estar da melhor maneira possível.

Existem poucos cães que não valem a pena ser cuidados. As melhores raças de cães são o labrador retriever, o pastor alemão,


Video, Sitemap-Video, Sitemap-Videos