Em formação

Sintomas de refluxo ácido em cães


Sintomas de refluxo ácido em cães

As principais causas são gastrite, úlcera gástrica, esofagite de refluxo e doença do refluxo gastroesofágico (DRGE). O tratamento depende do tipo e da causa do problema, da gravidade dos sintomas e da evolução da doença.

Se você gostaria de saber se seu animal de estimação tem refluxo ácido, leia abaixo e saiba mais.

Quais são os sintomas do refluxo ácido?

Existem vários sintomas de refluxo ácido em cães. Os sintomas de refluxo ácido incluem:

Tossindo e espirrando

Corrimento nasal hemorrágico

Vômito

Estômago ou sangramento intestinal

Dificuldade em engolir

Fraqueza ou dor no peito e abdômen

Respiração irregular

Diarréia

Cianose

Um abdômen inchado

Quais são os sinais de refluxo ácido em cães?

Além dos sintomas listados acima, os cães também podem apresentar sinais de refluxo ácido em cães. Alguns dos sinais de refluxo ácido em cães incluem:

Vermelhidão dos olhos

Tossindo ou espirrando

Respiração irregular

Gengivas e dentes pálidos

Vômito ou diarreia

Além disso, os cães com refluxo ácido costumam ter:

Pouco apetite

Mau estado ou perda de peso

Mau hálito ou odores ruins

Inchaço no rosto

Fraqueza ou dor no abdômen e no peito

Quais são as causas do refluxo ácido em cães?

Existem várias causas possíveis para o refluxo ácido em cães. Algumas das principais causas de refluxo ácido incluem:

Gastrite

Úlcera gástrica

Doença esofágica

Azia

Doença do refluxo gastroesofágico

Os sintomas de refluxo ácido em cães são causados ​​por um acúmulo de ácido no esôfago. Isso pode ocorrer quando o alimento que o cão ingere entra em contato com o revestimento do esôfago e o estômago não consegue mantê-lo sob controle. O resultado disso é que o ácido do estômago viaja para o esôfago.

Se a condição se tornar grave, isso pode levar a vários problemas. O mais sério deles é a esofagite. Isso ocorre quando o revestimento do esôfago é danificado pelo ácido.

Quais são os sinais de gastrite?

Um dos principais sintomas da gastrite é a tosse crônica. No entanto, você também pode notar sangue no vômito. Este é um dos primeiros sintomas da gastrite. A língua vermelha também é um sinal comum de gastrite em cães.

Se você notar algum desses sinais de gastrite em seu cão, é importante que você o leve ao veterinário o mais rápido possível. A gastrite pode ser tratada, mas se não for tratada precocemente, seu animal pode correr o risco de desenvolver complicações adicionais.

Quais são as causas da gastrite em cães?

Existem várias causas potenciais de gastrite em cães. O mais comum deles é o estresse. No entanto, outras causas possíveis incluem:

Dietas ricas em gorduras

Deficiências de vitaminas

Certos medicamentos ou produtos químicos

Uso excessivo de antibióticos

Antiácidos ou medicamentos de venda livre

Como o refluxo ácido afeta os cães?

Existem vários problemas que podem ocorrer como resultado do refluxo ácido. Esses incluem:

Azia

Vômito e diarreia

Inchaço no abdômen

Perda de peso

Diagnosticar refluxo ácido em cães

Existem duas maneiras possíveis de diagnosticar o refluxo ácido em cães. A primeira é fazer uma inspeção visual do paciente. Isso pode ajudar a identificar quaisquer problemas físicos, como inchaço do rosto ou pescoço.

A segunda opção é tirar uma amostra de sangue de seu animal e analisá-la para ver se é ácido. No entanto, isso pode causar problemas e deve ser realizado apenas por um veterinário experiente.

Tratamento de refluxo ácido em cães

O tratamento para o refluxo ácido depende da causa e da gravidade da doença. No entanto, um dos principais objetivos do tratamento é eliminar as causas da doença. Portanto, se o seu cão tem alergia alimentar, é importante que você trabalhe com o seu veterinário para tratar o problema.

Alguns dos sintomas de refluxo ácido em cães podem desaparecer com o tratamento correto. No entanto, a condição subjacente também pode retornar se os sintomas não forem tratados.

Isso significa que o tratamento pode ser necessário por vários anos. Se o refluxo ácido não estiver sendo tratado, também existe o risco de desenvolver complicações mais sérias.

No entanto, o tratamento pode envolver:

Antiácidos

Drogas que suprimem o ácido do estômago

Mudancas de estilo de vida

Mudanças no estilo de vida, como exercícios regulares e dieta alimentar, podem ajudar a prevenir que a condição se agrave.

Isso inclui refeições regulares. Isso ajudará a manter o estômago e o esôfago do seu cão saudáveis. Também é importante garantir que seu cão tenha uma dieta saudável e balanceada que inclua produtos frescos e carne fresca. Além disso, é importante evitar alimentos que contenham cafeína e chocolate. Isso pode afetar o ácido do estômago do seu cão e torná-lo mais ácido.

Quais são os tipos de refluxo ácido?

Existem vários tipos possíveis de refluxo ácido. No entanto, eles geralmente são agrupados em uma das duas categorias principais. Estes são:

Doença do refluxo gastroesofágico (DRGE)

Gastrite

O primeiro tipo é a doença do refluxo gastroesofágico. É quando o ácido do estômago entra no esôfago. Isso ocorre porque o ácido vazou do estômago ou o esôfago enfraqueceu ou foi danificado.

Isso pode ocorrer quando as condições no estômago ou esôfago fazem com que isso aconteça. Uma das principais causas do refluxo ácido em cães é o acúmulo de ácido gástrico. Isso ocorre quando o


Assista o vídeo: Kucinjata skitnici vo Tetovo (Novembro 2021).

Video, Sitemap-Video, Sitemap-Videos