Em formação

Como fazer uma dieta hipoalergênica para cães


Pode ser um desafio alimentar um animal de estimação que tende a sofrer de alergias ou intolerância alimentar. Uma dieta hipoalergênica pode ser adequada para cães que tendem a sofrer qualquer uma dessas reações quando alimentados. O foco dessa dieta deve ser manter os ingredientes da comida limitados e evitar conservantes e aditivos.

O básico

Passo 1

Jupiterimages / PhotoObjects.net / Getty Images

Antes de planejar uma dieta diária adequada para seu pequeno cão, é importante observar as coisas que seu melhor amigo deve comer. De acordo com a ASPCA, são essenciais para manter seu cão saudável: água, proteínas, carboidratos, vitaminas e minerais na proporção adequada.

Passo 2

Jupiterimages / Comstock / Getty Images

As opções de carne que funcionam para essa dieta são frango com osso, peito, fígados e corações, salmão enlatado (desossado), cordeiro e boi. Para cães realmente problemáticos, cordeiro e salmão costumam ser a melhor aposta. Mas também tenha em mente que alguns cães podem desenvolver alergia a frango e carne, então chame seu veterinário se notar coceira, etc., após o consumo.

Etapa 3

Ryan McVay / Digital Vision / Getty Images

Frutas e vegetais são uma boa maneira de adicionar sabor e vitaminas à dieta do seu cão. Misture maçãs, mirtilos, bananas, espinafre e couve nas refeições do seu cão para maior variedade. Os carboidratos são uma parte muito importante da dieta do seu animal de estimação e também podem aliviar a barriga. Experimente adicionar batata-doce, aveia e arroz integral.

Passo 4

Combine uma porção cozida de carne, frutas e / ou vegetais com um carboidrato para uma refeição equilibrada. Adicione óleo de ácido linoléico à refeição do seu cão, especialmente se ela não contiver peixes como o salmão. Sirva quente, não quente.

  • Evite dar ovos crus ao seu cão como fonte de proteína. Além do envenenamento por salmonela, o ASPCA observa que a clara do ovo crua contém avidina, um antivitamínico que interfere no metabolismo das gorduras, glicose, aminoácidos e energia.

  • Alimentos que devem ser evitados são: chocolate, cafeína, café, álcool, abacate, uvas, passas, nozes de macadâmia, massa de fermento, xilitol, carnes mal cozidas, leite, cebola, cebolinha e alho.

  • Um ponto de partida deve ser consultar o seu veterinário.

  • O ácido linoléico é um ácido graxo essencial para cães.

  • É desnecessário dar um suplemento vitamínico, a menos que uma deficiência de vitamina específica seja diagnosticada por um veterinário, desde que o cão receba uma dieta saudável e balanceada.

  • Certifique-se de introduzir novos alimentos para seu cão lentamente.

Itens que você vai precisar

  • Ácido linoleico
  • Frango
  • Salmão
  • Cordeiro
  • Carne bovina
  • Veggies

Referências

Pontas

  • Um ponto de partida deve ser consultar o seu veterinário.
  • O ácido linoléico é um ácido graxo essencial para cães.
  • É desnecessário dar um suplemento vitamínico, a menos que uma deficiência de vitamina específica seja diagnosticada por um veterinário, desde que o cão receba uma dieta saudável e balanceada.
  • Certifique-se de introduzir novos alimentos para seu cão lentamente.

Avisos

  • Evite dar ovos crus ao seu cão como fonte de proteína. Além do envenenamento por salmonela, o ASPCA observa que a clara do ovo crua contém avidina, um antivitamínico que interfere no metabolismo das gorduras, glicose, aminoácidos e energia.
  • Alimentos que devem ser evitados são: chocolate, cafeína, café, álcool, abacate, uvas, passas, nozes de macadâmia, massa de fermento, xilitol, carnes mal cozidas, leite, cebola, cebolinha e alho.


Assista o vídeo: Shitzu tem alergia de pele por causa do frango? Dr. Edgard Gomes. Alimentação natural para Cães (Outubro 2021).

Video, Sitemap-Video, Sitemap-Videos