Em formação

Receitas de comida orgânica caseira para cães grandes


Preparar comida de cachorro fresca, orgânica e caseira para seu cão de raça grande é uma ótima maneira de garantir que seu cão esteja nutrido e feliz. Quer você opte por alimentar seu cão exclusivamente com comida caseira ou deseje fazê-lo além da ração habitual do seu cão, preparar alimentos orgânicos nutritivos é uma ótima escolha para seu cão.

Proteína

A proteína é um macronutriente necessário para os animais. Os cães não são exceção. A proteína atende a uma variedade de funções no corpo do cão, incluindo o crescimento de pêlos e unhas, construção muscular e manutenção da saúde e reparo de ligamentos, tendões e cartilagem.

Embora a proteína esteja disponível em fontes vegetais e animais, os cães devem obter a maior parte de suas proteínas de fontes animais. Os cães são carnívoros por natureza e devem ser tratados principalmente como tal, embora as plantas e os grãos também possam ser incorporados de forma saudável à dieta de um cão.

Ao fazer comida orgânica para cães, as fontes de proteína de carne devem ser muito magras e bem cozidas para prevenir doenças de origem alimentar. Carnes orgânicas como carne extra magra moída, peito de peru moído, peitos de frango desossados ​​e sem pele, cordeiro e veado moído magro são excelentes fontes de proteína na comida caseira para cães. Peixes frescos como o salmão também são uma boa fonte de proteína.

Outras fontes de proteína orgânica de origem animal podem incluir ovos e iogurte grego natural, que contêm grandes quantidades de proteína. O iogurte pode ser usado para unir carnes, ovos e outros ingredientes ao mesmo tempo em que contém um ponche de proteína extra.

Cães grandes precisam de proteína extra para manter seus ligamentos e cartilagem, portanto, economizar proteína não é aconselhável.

Carboidratos

Os carboidratos fornecem aos cães uma fonte de energia imediata para todas as empinadas, corridas, latidos e cheiradas que eles gostam tanto de fazer. Os carboidratos também fornecem a oportunidade de introduzir fibras, que são benéficas para o sistema digestivo dos cães, em suas dietas. As fontes de carboidratos devem incluir ingredientes saudáveis ​​como arroz integral orgânico, cevada, lentilhas, batata-doce, abóbora, abóbora e maçãs, todos contendo grandes quantidades de fibras.

A maioria dos vegetais contém carboidratos e fibras saudáveis, bem como outros nutrientes, portanto, não se intimide em adicionar vegetais orgânicos frescos ou congelados à comida caseira para cães. Cenouras, ervilhas, aipo, espinafre e couve são boas opções. No entanto, evite cebolas, que podem ser tóxicas para os cães.

Gordura

Os cães precisam de gordura em suas dietas, mas muita gordura pode levar a uma condição potencialmente fatal chamada pancreatite. A gordura contida em carnes magras orgânicas e peixes, ovos e iogurte adiciona um pouco de gordura à dieta do cão, mas é aconselhável adicionar um pouco de gordura extra saudável. A gordura é necessária para a vida e, no seu cão, mantém as unhas e a pelagem saudáveis. A dieta de um cão ativo deve conter cerca de 20 por cento de gordura, enquanto a dieta de um cão menos ativo deve conter um pouco menos.

Usar carnes magras e adicionar gordura insaturada saudável, como azeite de oliva, é uma ótima opção para manter seu cão saudável.

Cálcio

A maioria das necessidades nutricionais do cão pode ser atendida por meio de uma variedade e seleção cuidadosa de ingredientes em rações orgânicas caseiras. No entanto, você provavelmente terá que suplementar o cálcio para seu cão. O cálcio pode ser encontrado em cascas de ovos orgânicos.

O cálcio é muito importante para todos os cães, mas especialmente para raças grandes, que costumam apresentar problemas nos quadris e nas articulações. O cálcio constrói ossos fortes. Os cães grandes precisam de cerca de 1.000 mg de cálcio por 40 libras de peso corporal.

A casca do ovo contém cerca de 2.000 mg de cálcio. Lave a casca de um ovo orgânico e seque-a no forno a 325 graus por cerca de cinco minutos (o que também matará as bactérias) e, em seguida, triture-a até formar um pó fino em um processador de alimentos. Cada casca renderá cerca de uma colher de chá de pó, que pode ser adicionada à comida caseira do seu cão como uma fonte natural e eficaz de cálcio. As cascas dos ovos também contêm fósforo, outro mineral necessário para a saúde canina.

Para garantir uma nutrição adequada, você também pode dar ao seu cão um suplemento completo de vitaminas e minerais totalmente natural. Para obter esse suplemento, consulte o seu veterinário.

Preparação e Armazenamento

Os cães geralmente requerem 2 a 3 por cento de seu peso corporal (em libras) de alimentos frescos diariamente. Para um cão de 100 libras, isso significa 2 a 3 libras de comida por dia. Escolha se deseja preparar a comida orgânica caseira do seu cão diariamente, a cada dois dias ou todas as semanas. Como os cães grandes precisam de mais comida do que os cães pequenos, pode ser mais fácil preparar a comida com mais frequência, pois isso exigiria panelas grandes para fazer a comida de uma semana inteira de cada vez. Torná-lo mais frequente também permite mais variedade. Esta receita valerá um dia inteiro de comida para um cachorro de 100 libras.

Comece escolhendo 1 quilo de carne magra, frango ou peixe fresco e orgânico e, em seguida, cozinhe-o completamente no fogão. Certifique-se de cortar a carne em pedaços pequenos para o seu cão. Adicione quatro colheres de sopa de azeite e continue cozinhando a carne por alguns minutos.

Adicione 1 libra de carboidratos cozidos. Batatas-doces orgânicas cozidas, maçãs, abóbora ou abóbora em combinação com um carboidrato mais rico em amido, como lentilhas, cevada ou arroz integral, são ideais para a densidade máxima de nutrientes.

A próxima adição é sua escolha. Uma xícara de vegetais orgânicos que você escolher, combinada com meia xícara de iogurte grego orgânico ou ovos mexidos, pode reunir tudo isso.

Esta receita permite que você altere ligeiramente a cada vez que for preparada, proporcionando ampla oportunidade de variedade. Também permitirá que você avalie a reação do seu cão a certos alimentos, evitando alimentos de que ele não gosta e fazendo alimentos de que gosta com mais frequência.

Antes de mudar a dieta de seu cão, sempre converse primeiro com seu veterinário.

Referências


Assista o vídeo: ALIMENTAÇÃO NATURAL: CUIDADOS! (Outubro 2021).

Video, Sitemap-Video, Sitemap-Videos