Em formação

Remédios para cães com convulsões


Testemunhar o seu cão convulsionar, cair e até começar a espumar pela boca durante uma convulsão pode ser uma experiência assustadora. Embora as convulsões não possam ser curadas, medicamentos e outros remédios podem ajudar a controlar as convulsões em seu cão. Seu veterinário o ajudará a selecionar o melhor tratamento para seu cão.

Medicação para epilepsia

Os medicamentos antiepilépticos são o tratamento mais comum para cães com epilepsia. A primeira escolha geralmente é o fenobarbital. Inicialmente, esse medicamento pode causar sonolência, aumento do apetite e falta de coordenação, mas esses efeitos costumam ser de curta duração. Seu veterinário pode ajustar a dosagem se seu cão tiver mais de duas convulsões por mês. Se o fenobarbital não estiver funcionando bem por conta própria, seu veterinário pode prescrever brometo de potássio além do fenobarbital. Embora esses sejam os medicamentos anti-convulsivos mais comuns, existem outras opções caso seu cão não responda a esses medicamentos. Alguns outros medicamentos antiepilépticos incluem diazepam, levetiracetam e gabapentina. Você e seu veterinário podem decidir adicionar tratamentos alternativos adicionais para complementar a medicação.

Terapias alternativas

Muitos donos de cães procuram tratamentos de acupuntura para ajudar a controlar as convulsões. Embora a comunidade científica não apóie de forma conclusiva a eficácia da acupuntura, ela tem sido usada para ajudar muitos cães. A acupuntura é aplicada inserindo agulhas finas em pontos de pressão específicos. Para o tratamento de longo prazo, contas de ouro podem ser inseridas na pele nos pontos de acupuntura. Se a epilepsia do seu animal de estimação está relacionada a um traumatismo craniano, os tratamentos quiropráticos regulares podem ajudar nas convulsões.

Gestão dietética

Dependendo da causa subjacente da convulsão, ajustar a dieta do seu cão pode ajudar a controlar as convulsões. Em alguns casos, as alergias alimentares são um fator que contribui para a epilepsia, portanto, alimentar seu cão com alimentos hipoalergênicos. Suplementar a dieta do seu cão com ácidos graxos ômega-3 e -5 também pode ajudar a diminuir a frequência das convulsões.

Homeopatia e Ervas

A homeopatia e a fitoterapia podem ajudar alguns cães. Os acupunturistas podem prescrever ervas chinesas como parte do tratamento de acupuntura. Algumas ervas ocidentais que você pode experimentar incluem camomila, cardo leiteiro e valeriana. Alguns medicamentos homeopáticos que podem ajudar incluem Belladonna e Aconitum. Fale com o seu veterinário antes de iniciar o tratamento com ervas para evitar quaisquer reações negativas com os medicamentos antiepilépticos do seu cão.

Referências


Assista o vídeo: Epilepsia em cães,como tratar essa doença e suas causas (Janeiro 2022).

Video, Sitemap-Video, Sitemap-Videos