Em formação

Como saber se meu cachorro precisa de uma limpeza de glândula anal


Glândulas anais ou sacos anais estão localizados em ambos os lados do ânus do seu cão; eles geralmente drenam naturalmente toda vez que seu filhote definha. Se não for tratado imediatamente, o fluido nas glândulas anais pode ficar espesso, infectado e dolorido para seu animal de estimação.

Fugindo

Um dos primeiros sinais perceptíveis de que as glândulas anais do seu cão precisam de limpeza é que ele arrasta o traseiro no chão. O acúmulo de líquido nos sacos anais pode causar dor, inflamação e coceira; seu cão está fugindo em um esforço para aliviar o desconforto e drenar as glândulas.

Morder, lamber, arranhar e perseguir

Assim como correr, morder e lamber seu traseiro é outra maneira de seu filhote indicar que é hora de limpar a glândula anal. Alguns cães deslocam o desconforto da extremidade traseira sacudindo e coçando as orelhas. Seu filhote também pode parecer estar em uma corrida louca para pegar o próprio rabo se ele estiver sofrendo de glândulas anais completas. Você pode ver seu cão segurar o rabo para baixo e entre as pernas, estremecer ou andar como se estivesse desconfortável, segurando as pernas traseiras ligeiramente separadas.

Sinais Visuais

As glândulas anais extremamente cheias podem estar visivelmente inchadas e quentes ao toque, especialmente se estiverem infectadas. Se o acúmulo de líquido estiver progredindo há algum tempo e levar a um abscesso, você poderá ver uma ruptura que parece sangramento ou drenagem anal. Esta condição requer atenção veterinária. Seu cão provavelmente tem um abscesso da glândula anal infectada que exigirá tratamento médico.

Cheiro

Se seu filhote tiver um cheiro particularmente ruim emanando de sua região anal, é possível que as glândulas anais estejam envolvidas. Embora a expressão normal não tenha um cheiro agradável, a drenagem infectada ou rompida é particularmente pungente e difícil de passar despercebida.

Opções de tratamento

A extração regular das glândulas anais do seu cão ajudará a reduzir os problemas ao mínimo. Você pode drenar o líquido sozinho ou pedir ao veterinário para fazer isso, ou perguntar se o seu tratador oferece o serviço. Manter seu cão com um peso saudável pode ajudar a reduzir o potencial de problemas, já que cães obesos são mais propensos a distúrbios do saco anal do que cães com peso normal.

Referências


Assista o vídeo: Sangramento no Anus do Cão com Mal Cheiro e Secreção? Cuidar e Evitar o Problema Glandula Ad Anal (Outubro 2021).

Video, Sitemap-Video, Sitemap-Videos