Em formação

Gatos com dermatite alérgica a pulgas

Gatos com dermatite alérgica a pulgas



We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Os gatos com dermatite alérgica a pulgas são uma das doenças de pele mais comuns que afetam os gatos nos Estados Unidos.

Os sintomas incluem pele inflamada e com coceira nas orelhas, nariz, barriga, virilha e pernas.

Embora as alergias a pulgas sejam as mais comuns, a dermatite também pode ser causada por alergias a fungos, leveduras ou alimentos, que normalmente resultam na presença de pele vermelha e escamosa nas áreas afetadas, semelhante à vermelhidão e descamação observadas na dermatite.

A prevenção da dermatite em gatos é uma combinação de prevenção, tratamento e gestão ambiental.

Como é diagnosticada a dermatite alérgica a pulgas?

Como as alergias a pulgas são geralmente uma condição sazonal, a principal consideração é como ela é diagnosticada.

Na prática veterinária, o melhor teste diagnóstico é ter a cabeça e a área do pescoço do gato (orelha, focinho e rosto) inspecionados por um veterinário.

Isso ocorre porque é comum que as alergias a pulgas comecem na cabeça e no pescoço e causem infecções secundárias ou feridas na pele do gato.

A raspagem da pele pode ajudar a identificar a causa da infecção secundária, identificando um tipo de bactéria ou fungo. No entanto, no caso de infecções secundárias, essas infecções secundárias podem ou não estar presentes quando a cabeça e o pescoço de um gato são examinados por um veterinário.

Isso pode fazer com que o gato seja diagnosticado incorretamente ou receba um tratamento incorreto.

Um exame físico irá procurar pulgas ou outros organismos causadores de alergia no nariz, boca e olhos.

Uma raspagem de pele será coletada da pele do gato para testar bactérias, fungos e outros organismos causadores de alergia.

Quais são as causas das alergias a pulgas?

As pulgas carregam a bactéria que causa alergia a pulgas, mas nos gatos a bactéria é transportada apenas pelas pulgas adultas.

Como o gato tem maior probabilidade de ser infestado por pulgas à noite, o horário mais comum de surto é à noite.

A pele de um gato é o primeiro mecanismo de defesa contra a bactéria.

A infecção de pele ou doença resultante da bactéria irá desencadear uma reação alérgica.

Quais são os sinais de alergia a pulgas?

A maioria dos gatos exibe sintomas leves a moderados que se limitam à cabeça e ao pescoço.

No entanto, como as alergias a pulgas podem ser difíceis de diagnosticar, você também deve procurar sinais de infecções secundárias, incluindo:

Orelhas doloridas e inchadas

Gatos que têm maior coceira

Pele ou queda de cabelo

Muco ou secreção nasal manchada de sangue

Olhos com coceira

Outros sinais que podem ser um sinal de uma causa subjacente, como uma infecção no ouvido, podem incluir:

Sangramento nos ouvidos, o que pode ser uma indicação de infecção no ouvido ou doença transmitida pelo sangue, como leucemia felina

Vermelhidão ou inchaço dos gânglios linfáticos

Vermelhidão ou inchaço ao redor das pálpebras

Um gato com coceira tem maior probabilidade de ter alergia a pulgas do que um gato que não coceira.

Em alguns gatos, as pulgas podem causar dermatites graves e infecções secundárias.

É importante procurar infecções secundárias ou doenças de pele, como dermatite alérgica a pulgas, porque isso pode levar a outros sintomas e doenças de pele potencialmente mais graves.

Prevenção e tratamento de alergias a pulgas

As alergias a pulgas podem ser facilmente evitadas usando uma prevenção eficaz contra pulgas e carrapatos e uma boa gestão ambiental.

Em gatos suscetíveis a alergias a pulgas, uma vacinação única não protegerá totalmente o gato contra a bactéria que causa as alergias a pulgas.

Nestes casos, uma segunda vacinação é recomendada, bem como a prevenção contínua contra pulgas e carrapatos e um bom manejo ambiental.

Prevenção de pulgas e carrapatos

O controle de pulgas e carrapatos será mais eficaz quando aplicado antes que as pulgas ou carrapatos comecem a picar e antes que as pulgas tenham tempo de amadurecer e botar ovos.

Além disso, é importante aplicar tratamentos antes que ocorra uma infestação por pulgas.

A maioria dos gatos fica infestada de pulgas antes de atingir a idade adulta.

Por esse motivo, os gatos geralmente requerem tratamentos mensais repetidos contra pulgas e carrapatos até que a infestação esteja sob controle.

Os produtos de controle de pulgas e carrapatos mais eficazes incluem:

Fipronil / Sufipent (linha de frente)

Ivermectina / Selamectina (Revolução)

Uma prevenção mensal pode ser iniciada quando o gato atinge os 6-9 meses de idade.

Fipronil / Sufipent (linha de frente)

Frontline Plus para gatos (Frontline Plus)

Ivermectina / Selamectina (Revolução)

Frontline Plus para cães

Frontline Plus para gatos

Frontline Plus para cães

Os produtos tópicos não devem ser usados ​​como prevenção isolada, pois esses produtos só funcionam quando o gato está ativamente envolvido em atividades contra pulgas e carrapatos.

Se o gato não se escovar regularmente ou se autoinfligir, esses produtos não serão tão eficazes.

Gestão ambiental

Os gatos passam a maior parte do tempo ao ar livre, em um ambiente com muitas fontes de pulgas e carrapatos, como grama e arbustos.

Os gatos são muito sensíveis à presença desses insetos e respondem com coceira, arranhões e perda excessiva de cabelo se detectarem a presença de pulgas e carrapatos.

No início da primavera e do verão, esses insetos se tornam mais prevalentes.

É quando os gatos estão em maior risco de contrair pulgas.

A maneira mais eficaz de prevenir alergias a pulgas é tomar medidas para reduzir ou eliminar o número de pulgas e carrapatos no ambiente do gato.

Quais são as opções de tratamento para alergias a pulgas?

A dermatite alérgica a pulgas pode ser tratada com uma variedade de opções, como:

Em alguns gatos, um produto de venda livre contra pulgas e carrapatos, como Frontline Plus para Gatos (Frontline Plus), pode ser eficaz para sintomas leves de dermatite.


Video, Sitemap-Video, Sitemap-Videos